Ronco pode causar impotência sexual?

Ouviu dizer que o ronco pode causar impotência sexual e quer saber se isso, realmente, é verdade? Então, confira a resposta aqui, nesse artigo!

Vamos começar esse artigo divulgando o resultado de uma pesquisa realizada no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor) de São Paulo, a qual demonstrou que nada menos que 54% dos adultos brasileiros roncam.

Pois é, e para quem não sabe, muito mais do que ser algo aborrecido para a parceira (o), a apneia do sono, é um distúrbio que pode causar sérios problemas de saúde, desde diabetes, obesidade, hipertensão e…de acordo com a pesquisa,  também pode contribuir para a impotência sexual.

Conteúdo Relacionado: Viagra Naturale

Não esperava por essa, não é mesmo? Então, entenda mais o porquê e a relação entre os dois problemas.

Apneia do sono e a impotência sexual

Muito mais do que ser motivo de briga entre casais, a apneia do sono está na lista dos principais causadores da impotência sexual. E isso se deve ao fato desse distúrbio afetar a oxigenação e, dessa forma, acabar alterando a produção de óxido nítrico, que é um elemento fundamental para a ereção. Na verdade, esse distúrbio fragmenta o sono, o que dificulta que o homem atinja os estágios de sono mais profundos, que são fundamentais para a produção da testosterona.

E não é só isso, a apneia também afeta a circulação sanguínea, que também é fundamental e decisiva para que o órgão masculino funcione normalmente, já que a ereção está diretamente ligada à circulação de sangue nos vasos, por isso, os homens com apneia do sono, acabam sofrendo uma diminuição das taxas de oxigênio no sangue e,  dessa forma, prejudicando a circulação.

Complicações da apneia do sono

E achou que isso era tudo? Pois saiba que a apneia do sono ainda pode trazer outras complicações que também podem causar a impotência sexual, como a obesidade.

Pessoas que sofrem com a apneia do sono, certamente, não possuem uma boa qualidade do sono, o que só colabora para o aumento de peso. E isso porque, fora todo o cansaço e a sonolência diurna, essa má qualidade do sono ainda vai servir para uma baixa liberação de hormônios responsáveis pela saciedade, trazendo a necessidade de se consumir mais alimentos ricos em carboidrato e açúcar, levando ao aumento de peso.

É preciso ter em mente que a obesidade podem trazer uma série de consequências para a vida sexual masculina, já que a testosterona, hormônio fundamental para a ereção, sofre um processo metabólico no tecido que armazena a gordura, diminuindo sua produção e levando à impotência sexual, além da falta de libido.

Como tratar o ronco

Então, certamente, estamos falando aqui daquele ronco alto e persistente, que é um dos sintomas da apneia do sono.

Vale saber que existem muitas causas para a apneia, por isso, é importante buscar a ajuda de um profissional da saúde para obter um diagnóstico preciso e a indicação do tratamento adequado.

Podemos destacar como forma de tratar a apneia do sono, o uso de aparelhos CPAP, sendo mais efetivos, com melhores chances de solucionar o problema.

Esses aparelhos CPAP impedem a obstrução das vias aéreas, enviando fluxo de ar constante. Porém, só um especialista irá definir o melhor tratamento, podendo ainda  serem usados aparelhos como BiPAP e VPAP, caso seja preciso utilizar pressões elevadas.

Enfim, o ronco, quando é apneia do sono,  é sinal de algum problema, além de poder trazer outros, e dentre eles, a impotência sexual, por isso, quanto antes procurar ajuda, melhores chances de recuperar sua saúde e qualidade de vida.

Diferença entre rinite e sinusite