Diferença entre rinite e sinusite

Diminuição do olfato, nariz entupido, coriza e alguns outros sintomas desagradáveis podem ser sintomas de alergia. Mas você sabia dizer se são causados por rinite ou sinusite?

O fato é que é muito comum que haja uma certa confusão entre eles, afinal, podem ser semelhantes em diversos aspectos. Até mesmo os nomes são um pouco parecidos.

Vale lembrar que os “ites” no fim das lavras significam “inflamação” e se aplicam a diversos outros problemas, como tendinite (inflamação dos tendões), bursite (inflamação das bursas) e muitos mais.

No entanto, como essa confusão é algo muito comum, vamos entender um pouco mais qual é a diferença entre rinite e sinusite.

Afinal, qual a diferença entre rinite e sinusite?

Pois bem, de uma forma simples, a rinite é uma inflamação que ocorre na mucosa do nariz. Já a sinusite afeta os seios da face, que ficam nas bochechas, acima dos olhos e entre eles, felizmente com Respilivre é possível tratar ambos de forma 100% natural!

Além de sintomas e nomes parecidos, já outra coisa em comum entre essas duas condições: em ambas, a recomendação é sempre procurar um médico caso os sinais não terminem depois de 5 a 7 dias.

Nesse caso, o mais indicado é procurar um otorrinolaringologista, que é a especialidade médica que pode analisar o caso de forma mais precisa para estabelecer um bom diagnóstico e tratamentos.

Como são condições diferentes, é essencial que o problema seja diagnosticado corretamente. Com isso, é possível evitar o uso desnecessário de corticoides ou de antibióticos.

Vale lembrar que não é incomum que haja uma demora na procura por um médico, mas o alerta é que isso tende a acentuar o quadro.

Mais do que isso, o desvio do septo pode colaborar anda com a hipoventilação. Essa, por sua vez, colabora com aumento da secreção dos seios nasais.

A consequência é que esse acúmulo gera uma predisposição a sinusite crônica e isso sim pode ser um grande problema.

Pior do que isso é quando além de não procurar ajuda médica, o paciente ainda faz uso indiscriminado de sprays nasais que contém corticoides quando se tem desvio de septo.

Isso porque o spray não irá atingir a mucosa em si e sim o desvio, o que pode ser um problema sério, podendo causar até a perfuração do septo.

Pois bem, se sentir os sintomas, procure um médico para ter o diagnóstico correto e as orientações precisas para o tratamento!

Vasinhos podem se transformar em varizes?
Ronco pode causar impotência sexual?