Principais Formas de Emagrecer Dançando

Dançar é uma atividade extremamente divertida e que, para muitos, não passa de um hobbie, feito aos finais de semana com amigos na balada.

No entanto, o que a maioria não sabe é que é possível emagrecer dançando e se divertindo, com uma atividade prazerosa e benéfica para a saúde como um todo.

Então, se você está interessado e quer saber um pouquinho mais sobre o assunto, continue lendo e descubra todos os detalhes sobre o assunto a seguir.

E tem outras formas mais rápida de emagrecer, se você não gosta de dançar, saiba que o emagrecedor detox caps funciona mesmo para aquelas pessoas mais paradas que não gosta de fazer exercícios físicos.

É possível emagrecer dançando?

É fato que existem muitas formas de emagrecer com saúde e cada um escolhe aquela que prefere, mas é fato que dançar é uma ótima alternativa para quem quer perder peso.

Mais do que isso, dançar é uma atividade que a maioria das pessoas gosta de fazer naturalmente, movimentando o corpo ao som de algum ritmo interessante.

Sendo assim, uma grande vantagem de escolher a dança para perder peso é que é uma prática prazerosa e isso facilita que seja mantida por mais tempo e na frequência necessária.

O fato é que as atividades físicas em geral promovem no organismo a liberação da serotonina, que é o hormônio do prazer. No entanto, isso só acontece depois de cerca de 20 a 25 minutos de atividade e é o começo que é sempre o mais difícil.

Por isso, fazer uma atividade que você gosta é uma ótima pedida para aumentar a motivação na perda de peso e continuar progredindo no seu processo de emagrecimento.

Então, saiba que é sim possível emagrecer dançando, além de ser uma atividade que ajuda a aumentar o tônus muscular e fortalecer os ossos, queimando caloria e aumentando a resistência.

Dicas de atividade para emagrecer dançando

Se você está mesmo decidido e quer perder peso enquanto dança, veja algumas dicas de atividades que você pode gostar:

  • Ballet fitness

Ajuda na postura e pode ser feito até mesmo por adultos que nunca praticaram. Atualmente existe a modalidade de ballet fitness, que é especialmente voltado para a perda de peso e possibilita gastar cerca de 750 calorias em apenas 30 minutos.

  • Zumba

Uma dança mais livre e divertida, a zumba possibilita perder até 1000 calorias por aula de uma hora, bastando seguir a coreografia e se divertir.

  • Dança do ventre

Pode ser uma atividade envolvente e divertida, que ainda ajudará a despertar sua sensualidade enquanto queima calorias.

  • Samba

Bem brasileira, as aulas de samba também possibilitam queimar calorias ao passo que aprende um novo ritmo, melhora postura e tonifica os músculos.


Sintomas de próstata aumentada

Uma condição que é muito mais comum do que se pensa é a próstata aumentada. No entanto, não é porque se trata de uma condição comum que ela deve ser tratada como normal.

Isso porque a hiperplasia prostática, como o problema é chamado, pode trazer uma série de consequências para a vida de quem apresenta a condição. Com isso, podem se manifestar sintomas bastante desagradáveis e que merecem atenção médica.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre os sintomas das próstata aumentada para poder identificar o quadro, continue lendo e vamos ver os detalhes.

O que é a próstata aumentada?

A próstata aumentada, que também é chamada de hiperplasia prostática, é uma condição que, como o nome já sugere, se caracteriza pelo aumento da próstata.

Essa é uma glândula que faz parte do sistema reprodutor masculino e que atua na produção do líquido prostático, que compõe o sêmen.

O fato é que depois de uma certa idade, o aumento dessa glândula é algo considerado comum, ocorrendo com um grande percentual de homens do mundo todo.

No entanto, acontece que a próstata naturalmente tem o tamanho de uma noz e em alguns casos, pode chegar ao tamanho de uma laranja. A consequência é uma série de sintomas bastante desagradáveis.

Além de desagradáveis, esses sintomas podem até evoluir para algo mais sério, sendo necessário estar atento ao problema e usar Prost+ Active um aliado natural que ajuda a prevenir e tratar o problema.

Sintomas da próstata aumentada

Os sintomas da hiperplasia prostática podem variar, tanto de uma pessoa para a outra, quanto de acordo com a intensidade do quadro.

Dito isso, vamos conhecer os principais sintomas da próstata aumentada:

  • Diminuição do fluxo urinário
  • Sensação de esvaziamento incompleto
  • Dificuldade para urinar
  • Interrupção do fluxo urinário depois de já iniciado
  • Necessidade de urinar constantemente
  • Urgência de micção
  • Aumento da frequência de idas ao banheiro para urinar durante a noite
  • Necessidade de fazer algum tipo de esforço para conseguir eliminar a urina

Vale lembrar que uma próstata maior não é um indicativo de que os sintomas são mais intensos, visto que não há essa relação. Um homem que apresenta uma próstata levemente aumentada pode ter sintomas muito mais significativos do que aquele que tem uma próstata já mais aumentada.

O mais importante é sempre procurar um médico especialista e cuidar da saúde para melhorar o funcionamento do organismo e evitar a próstata aumentada!


Vermes, como evitar?

Se você está sentindo alguns desconfortos como diarreia, gases, enjoo, vômitos, dores abdominais, falta de apetite ou fome excessiva, fraqueza, tontura, dificuldade para ganhar peso, existe uma forte probabilidade de que você esteja sendo atacado por vermes parasitas.

Estes são os principais sintomas que esta doença (verminose) causa no seu organismo. por isso, é preciso ficar atento para os sintomas, mas também aprender como evitar vermes para não ter problemas futuros.

Entendendo as verminoses

Os vermes se alojam geralmente nos intestinos e podem atingir crianças e adultos. Ter vermes no seu corpo é bem mais comum do que você possa imaginar.

Os vermes podem achar várias maneiras para entrar no seu corpo e se desenvolverem.

Apesar de parecer uma doença sem importância, alguns especialistas da área afirmam que alguns tipos de parasitas podem evoluir para quadros complicados de alergias e quadro de diarreia que podem evoluir até mesmo para um câncer de estomago ou colón, por isto usar um bom antiparasita como Germitox todos os anos é fundamental.

Por isso é sempre recomendado procurar a orientação médica para que seja indicado os exames e tratamento necessários no seu caso.

Como evitar os vermes

Como já dissemos é muito fácil infectar-se com vermes pois eles estão presentes onde nem imaginamos e é claro, não podemos vê-los.

Alguns exemplos são: as frutas, verduras, legumes, carnes cruas ou mal cozidas (principalmente de gado e porco), sanitários, locais sem higiene, terra e etc.

Além de tudo isto podem, penetrar a nossa pele, geralmente quando tocamos na terra.

Sua transmissão ocorre principalmente em locais que não possuem saneamento básico e os cuidados de higiene são mais precários.

Os vermes possuem 3 ciclos de evolução: ovo, depois larva e a fase final de adulto. É na primeira fase que o parasita infecta a pessoa e o torna seu hospedeiro.

Sendo assim, existem várias maneiras de evitar que os vermes entrem no nosso organismo.

Alguns cuidados simples na rotina do dia a dia podem fazer uma grande diferença, como por exemplo:

  • Lavar muito bem todas as verduras, legumes e frutas na água corrente. É recomendado também que após a lavagem sejam colocadas de molho por aproximadamente 15 minutos, em solução de água com hipoclorito ou vinagre
  • Lavar sempre as mãos, principalmente antes das refeições e após utilizar o sanitários
  • Cozinhar muito bem as carnes
  • Beber água fervida ou filtrada
  • Evitar andar descalço na terra ou lavar bem os pés e as mãos imediatamente após o contato.
  • Realizar exame parasitológico de fezes pelo menos a cada 6 meses.

Pronto, agora você já sabe como evitar os parasitas intestinais que causam verminoses!


Diferença entre rinite e sinusite

Diminuição do olfato, nariz entupido, coriza e alguns outros sintomas desagradáveis podem ser sintomas de alergia. Mas você sabia dizer se são causados por rinite ou sinusite?

O fato é que é muito comum que haja uma certa confusão entre eles, afinal, podem ser semelhantes em diversos aspectos. Até mesmo os nomes são um pouco parecidos.

Vale lembrar que os “ites” no fim das lavras significam “inflamação” e se aplicam a diversos outros problemas, como tendinite (inflamação dos tendões), bursite (inflamação das bursas) e muitos mais.

No entanto, como essa confusão é algo muito comum, vamos entender um pouco mais qual é a diferença entre rinite e sinusite.

Afinal, qual a diferença entre rinite e sinusite?

Pois bem, de uma forma simples, a rinite é uma inflamação que ocorre na mucosa do nariz. Já a sinusite afeta os seios da face, que ficam nas bochechas, acima dos olhos e entre eles, felizmente com Respilivre é possível tratar ambos de forma 100% natural!

Além de sintomas e nomes parecidos, já outra coisa em comum entre essas duas condições: em ambas, a recomendação é sempre procurar um médico caso os sinais não terminem depois de 5 a 7 dias.

Nesse caso, o mais indicado é procurar um otorrinolaringologista, que é a especialidade médica que pode analisar o caso de forma mais precisa para estabelecer um bom diagnóstico e tratamentos.

Como são condições diferentes, é essencial que o problema seja diagnosticado corretamente. Com isso, é possível evitar o uso desnecessário de corticoides ou de antibióticos.

Vale lembrar que não é incomum que haja uma demora na procura por um médico, mas o alerta é que isso tende a acentuar o quadro.

Mais do que isso, o desvio do septo pode colaborar anda com a hipoventilação. Essa, por sua vez, colabora com aumento da secreção dos seios nasais.

A consequência é que esse acúmulo gera uma predisposição a sinusite crônica e isso sim pode ser um grande problema.

Pior do que isso é quando além de não procurar ajuda médica, o paciente ainda faz uso indiscriminado de sprays nasais que contém corticoides quando se tem desvio de septo.

Isso porque o spray não irá atingir a mucosa em si e sim o desvio, o que pode ser um problema sério, podendo causar até a perfuração do septo.

Pois bem, se sentir os sintomas, procure um médico para ter o diagnóstico correto e as orientações precisas para o tratamento!


Vasinhos podem se transformar em varizes?

Uma das grandes inimigas feminina, as varizes, ainda são alvo de muitas dúvidas, e uma delas é se os vasinhos podem acabar se transformando em varizes. Se essa é sua dúvida também, continue lendo esse artigo.

Primeiramente, é preciso entender que as varizes são aquelas veias superficiais inchadas, deformadas e escuras que, geralmente, surgem nas pernas, causando sintomas como queimação, desconforto, dor, coceira e até feridas na região afetada, se você já sofre com o problema, o Creme Varizero pode ajudar bastante.

Embora qualquer veia do corpo possa se tornar varicosa, na maioria das vezes, as varizes aparecem nos membros inferiores. Então, os vasinhos escuros muito comuns nos pés e nas pernas podem progredir para um quadro de varizes?

Então, é preciso saber que cada caso é um caso, e nem sempre vasinhos progridem para varizes, até porque algumas pessoas podem desenvolver apenas esse vasinhos, jamais evoluindo para varizes, durante a vida inteira, enquanto outras podem, realmente, iniciar o quadro por meio de, quase imperceptíveis,  vasinhos e acabarem desenvolvendo varizes posteriormente.

Ou seja, a evolução, ou não, de vasinhos para varizes, vai depender muito de cada pessoa, de seus hábitos de vida e de sua genética.

Principais fatores de risco para desenvolver varizes

Segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), embora a hereditariedade seja a principal causa das varizes, ela não é a única, pois outros fatores de risco também podem desencadear o problema, porém, eles podem ser evitados.

Dentre esses outros fatores de risco, podemos citar o tabagismo, sedentarismo e a obesidade, já que o sobrepeso e o enfraquecimento da musculatura, principalmente da panturrilha, provocam uma sobrecarga do sistema venoso, facilitando o surgimento de  problemas de circulação sanguínea.

Pelo fato das varizes serem mais comuns nos membros inferiores, devido à pressão dentro das veias superficiais das pernas quando ficamos em pé, parados ou sentados por um período prolongado, atividades em que a pessoa fique muitas horas em pé, ou tenha que usar constantemente sapato de salto muito alto, diminuindo a mobilidade da panturrilha, acabam prejudicando o retorno do sangue das pernas para o coração.

Como diferenciar os vasinhos das varizes?

De uma forma mais generalizada, os vasinhos, chamados telangiectasias, se localizam nas camadas da pele, e costumam ter cerca de um milímetro de diâmetro. Já, as varizes, se destacam mais visualmente, pois possuem um diâmetro maior que um milímetro, e estão localizadas embaixo da pele.

Na maioria das vezes, a própria pessoa consegue diferenciar um do outro, até mesmo, se guiando pelos sintomas que, no caso das varizes, envolvem queimação, desconforto e dor.

Enfim, tanto um quanto o outro, assim que percebidos, a indicação é procurar um especialista para receber o diagnóstico correto, até porque, nem toda dor na perna significa somente a presença de varizes, podem ser muitos outros problemas. Só um médico poderá avaliar e, então, indicar a melhor forma de tratamento.


Homens podem ter estrias?

Muita gente ainda desconhece o fato de que homens também podem ter estrias. Pois é, esse problema que, para muitos, é exclusivo das mulheres, na verdade, é até bem comum surgir em homens, principalmente, entre aqueles que praticam musculação.

Quem é mais atento, já deve ter visto homens, em academias, praticando exercícios exibindo estrias nos braços e no peitoral, e isso se deve ao aumento de massa muscular muito acelerado.

Também, é possível observar o surgimento de estrias no caso de homens que ganharam peso muito rápido, ou no caso de crescimento repentino, comum na adolescência.

A boa notícia é que tem como minimizá-las, sendo muito importante começar o tratamento o mais rápido possível.

Estrias nos braços

A estria nos braços é mais comum em homens que malham ou fazem algum tipo de atividade física, visando aumentar, ou ganhar, músculos nessa área, acontecendo a hipertrofia, que nada mais é que o aumento de massa muscular dos bíceps. Pois bem, o problema é que esse crescimento acaba tencionando a fibra responsável pela elasticidade da região, provocando, então, as lesões de estria.

Estria feminina x Estria masculina

Estria é a ruptura da fibra elástica, que acontece quando ela é esticada além do que pode suportar, e tanto faz se é no homem ou na mulher, o processo é o mesmo, a fibra esticou além de seu limite.

Quando está ainda no início, a estria é avermelhada, ou arroxeada, podendo, em alguns casos,  ser levemente elevada. Já, quando a estria é mais antiga, ela tem a cor branca e, as vezes, pode apresentar um certo enrugamento.

Como tratar as estrias

Para melhores resultados, o ideal é começar a tratar a estria assim que ela surgir, e sempre com acompanhamento médico, não esperar que chegue à cor branca, bem mais difícil de tratar, ao perceber o primeiro sinal de estrias, já vale a pena passar o creme Silk Skin na pele para amenizar sua aparência imediatamente.

Uma boa forma de prevenir o surgimento das estrias é procurando manter o corpo sempre hidratado.

Como muitos homens resistem á tratamentos tópicos, como passar cremes e certos hidratantes no corpo, a dica, então, é apostar em hidratantes específicos para o banho, que não deixam a pele pegajosa e podem ser enxaguados.

Outra forma de prevenir, é apostando num planejamento de ganho de massa muscular, para que não seja muito abrupto e influencie no aspecto da pele. O que adianta um corpo todo sarado e cheio de estrias, não é mesmo?

Tratamentos para cada tipo de estria

Os tratamentos para os diferentes tipos de estria não se diferenciam muito, sendo um dos processos em comum o laser fracionado.

No caso das estrias, ainda vermelhas, costumam ser indicados os infravermelhos, a luz intensa pulsada e o ácido retinoico. Lembrando que as estrias mais recentes são mais fáceis de tratar, e a cor indica que ainda há circulação sanguínea, o que já não acontece com as estrias brancas.

Já, no caso das estrias brancas, por exemplo, a função do laser fracionado é melhorar a textura da pele. Há também  os tratamentos carboxiterapia e radiofrequência.

Por fim, não tente se automedicar sozinho, para saber qual é o tratamento ideal para o seu caso,, consulte um dermatologista.


Cuidados para o cabelo masculino

As mulheres são super vaidosas e gostam muito de cuidar dos cabelos, disto todo mundo sabe. Se tem uma coisa que me chama atenção numa mulher é o cabelo, principalmente se for comprido, liso, e bem cuidados. As mulheres sabem deste gosto dos homens e por isso fazem questão de cuidar tão bem da cabeleira.

Mas e nós homens, será que cuidamos dos cabelos tanto quanto o necessário. Você pode até pensar que isto é bobeira, que basta escovar ou pentear rapidinho antes de sair, passar um gelzinho e tudo fica de boa, mas saiba que não é bem assim não…

As mulheres também gostam de homens com cabelos bonitos, então se você está solteiro e quer aumentar suas chances de conquista é melhor começar a dar mais atenção e cuidar bem deles também.

Se você se tem bastante cabelo e eles são cheios, ou seja, não tem entradas ou falhas, então não há motivo para ficar usando coisas que abafam os cabelos, como bonés, chapéus, gorros e outros, isto com o tempo pode prejudicar os fios.

Também não faça loucuras de ir na moda de uns youtubers idiotas e ficar pintando cabelo de azul, verde, vermelho, etc, com o tempo a pintura pode acabar com a saúde do seu cabelo e eles nunca mais serão os mesmos.

O uso de gel para cabelo pode ser necessário, mas sempre que possível, evite de usar, pois também prejudicam e enfraquecem os fios, ao longo dos anos isto contribui para queda e depois calvície.

Agora se você já é calvo, tem entradas ou tem cabelos brancos mesmo sendo novo, não há muito o que fazer a não ser usar um produto para maquiar o problema, como o Make Hair For Man, no caso dos fios brancos dá pra optar por pintar o cabelo também.

Ah e por último, mas não menos importante, na verdade o mais importante, lave os cabelos sempre e pode usar condicionador também, não é coisa de mulherzinha não, também ajuda a manter a saúde e aparência bonita dos cabelos masculinos.

Gostou destas dicas? Então encerro este artigo compartilhando mais algumas em vídeo:


Melhores exercícios para emagrecer e perder gordura

Já tem uns 2 anos que ando bem insatisfeita com meu corpo, nunca estive tão gorda em toda minha vida neste período, o pior é que além disso eu também estava com a disposição no chão, sem sair de casa pra nada, minha rotina diária até poucos dias atrás era acordar tarde perto das 11 horas, fazer o almoço e depois de levar as crianças para escola passava o dia deitada e assistindo novelas na Netflix.

Você com certeza já deve ter imaginado que esta rotina não é algo nada saudável, eu até tentei começar academia no começo do ano em fevereiro, frequentei por uns 2 meses e logo parei, desanimei, mesmo porque quase não vi resultados em emagrecimento ou melhora no meu corpo, dai me afundei de vez nesta terrível rotina de engorda, sedentarismo + ficar deitada dia inteiro + comer porcaria todo dia e quase a todo instante.

Isto até que fui fazer uma consulta médica e o médico me pediu um checkup geral, fiz na mesma semana e o resultado do exame de sangue me assustou, o mesmo com a ecografia pois ambos mostraram níveis altos de triglicerídeos e gordura no fígado, coisas que podem levar a doenças graves como diabetes ou câncer.

O médico não me passou nenhum remédio, a recomendação dele foi apenas que eu começasse a me alimentar melhor, comendo mais frutas e coisas saudáveis e também que me recomendou que eu começasse a “me mexer”, fazendo atividades aeróbicas que ajudam muito a eliminar gordura do fígado e também fazer exercícios para emagrecer.

As caminhadas eu comecei no dia seguinte, afinal depois do susto, não poderia ficar parada, felizmente meu marido é corredor de rua, ele sempre quis que eu fosse caminhar com ele, começar a correr com ele, mas eu sempre dava desculpas, agora que fui forçada a iniciar ele tem me ajudado e confesso que estou amando, hoje vejo quanto tempo perdi em frente a uma tela de tv, tempo que poderia estar fazendo algo prazeroso e que faz bem pra minha saúde.

O problema maior eram com os exercícios, sabia que só ia gastar dinheiro com academia e não tendo resultados dentro de 2 a 3 meses já iria desistir. Foi aí que meu marido me ajudou novamente me apresentando o XTREME 21, um programa de exercícios diferenciado e que exige apenas poucos minutos do seu dia.

Estou fazendo os exercícios deste programa somente há  18 dias e já perdi 1,3kilos. Fiquei muito feliz porque em 2 meses de academia eu não tinha perdido nem 600 gramas. Mas o melhor é que to percebendo minha barriga e braços menos flácidos, gente, simplesmente AMEI este programa.

Se você assim como eu estava, está cansada de tentar emagrecer com academia ou tem preguiça de ficar 1 hora por dia se exercitando, pode ir de Xtreme 21 porque funciona mesmo e os resultados são animadores, com certeza ele possui os melhores exercícios para emagrecer, queimar gordura e dar definição muscular.

Pode parecer bom demais para ser verdade? Você não precisa acreditar apenas na minha palavra, deixo a seguir um vídeo de um treino de poucos minutos do Xtreme 21 e convido você a tentar executar estes exercícios, você vai ver como mesmo sendo um treino curtíssimo ele vai te cansar bastante exigindo muito do seu corpo e é por isto que ele tem resultados tão eficientes:


Como aumentar os seios sem cirurgia

Não… não é um milagre. É possível sim aumentar os seios de forma natural, sem submeter-se a cirurgias ou tratamentos caros e perigosos!

Quando se fala em como aumentar os seios, a primeira coisa que vem na cabeça da maioria das pessoas é a cirurgia para colocação de próteses de silicone. E por ser uma operação arriscada (e muito cara!) poucas tem a coragem de se submeter a esse procedimento.

Mas o que poucas mulheres sabem, é que há algumas técnicas Simples e Fáceis, que podem ser utilizadas para aumentar os seios de forma natural. E se você está infeliz com seus seios, e gostaria de deixá-los maiores ou então mais firmes e empinados, fique até o final deste artigo para descobrir algo impressionante.

Como Aumentar os Seios Naturalmente

Existem alguns alimentos e exercícios específicos que contribuem para o aumento dos seios, mas o ponto chave para essa “façanha” é controlar os hormônios que inibem a produção de estrogênio.

Trata-se de um hormônio natural. Durante a puberdade o corpo feminino recebe doses de estrogênio. É assim que o corpo se transforma, mantendo uma forma definitiva por volta dos 16 anos. O tamanho dos seios ao final dessa fase será o mesmo durante a fase adulta da mulher, pois apesar de o corpo continuar a produzir estrogênio, não será suficiente para aumentar os seios.

Alguns alimentos naturais possuem estrogênio e outros contribuem para que o organismo produza mais. O consumo correto desses alimentos, aliado a alguns exercícios e massagens garantem um aumento dos seios de forma natural.

Como aumentar os seios sem Cirurgia?

1 – Ganhe um pouco de peso

Os seios são compostos principalmente de tecido conjuntivo adiposo. Se você estiver muito magra, em seguida, fica um pouco acima do peso (ou seja, você ganha gordura) isso pode ajudar a preencher os seus seios. Observe que todas as mulheres carregam o seu peso de forma diferente, portanto, apenas use este método se você tem uma tendência a ganhar peso no peito ao contrário de suas coxas, barriga, ou outra parte do corpo.

É importante seguir uma dieta saudável, mesmo se você está tentando ganhar peso. Concentre em proteínas magras, gorduras saudáveis e carboidratos complexos e lembre-se de manter-se sempre ativo.

2- TRABALHE SUA MUSCULATURA PEITORAL

Trabalhar os músculos debaixo de seus seios pode ajudar a melhorar o tamanho e firmeza. Para trabalhar a musculatura peitoral, deite-se de costas com os joelhos dobrados e os pés apoiados no chão. Segure um halter em cada mão, com os cotovelos dobrados em um ângulo de 90 graus, use os músculos do peito para levantar os pesos em direção ao teto e tocá-los juntos. Faça 3 séries de 15 repetições de 3 a 5 vezes por semana.

3- FAÇA FLEXÕES

Comece deitada sobre a barriga, em seguida, dobre os braços para diminuir o seu corpo em direção ao chão. Use seus braços e peito para voltar à posição original. Certifique-se de manter as costas retas e os quadris elevados para que seu corpo permaneça em uma linha reta. Faça 3 séries de 15 repetições de 3 a 5 vezes por semana.

Dicas Bônus:

Aumentar os seios não é somente uma questão de Estética

O tamanho dos seios é um assunto delicado para a maioria das mulheres e que pode afetar profundamente a sua autoestima, a sua confiança e mesmo a sua felicidade. As mulheres sentem-se

bonitas se tiverem um corpo sexy, e uma das coisas mais significativas para essa sexualidade é ter um bom par de mamas. Se você quer saber como aumentar os seios, mas não quer saber se quer de implantes mamários, existem métodos naturais de conseguir isso.

Basicamente qualquer mulher que tenha aumentado os seus seios ou melhorado a sua forma fica melhor em qualquer tipo de roupa que vista e consegue sentir-se mais bela e melhor consigo mesmo. Como pessoas racionais nós sabemos que não é o tamanho dos seios ou de qualquer outra parte do corpo que nos define, mas mesmo assim gostamos de sentir um melhoramento!