Alimentação no combate a celulite

Certamente você já deve ter ouvido falar que a alimentação no combate a celulite é um dos fatores mais importantes a serem seguidos. No entanto, nem sempre sabemos ao certo quais são os alimentos que ajudam a promover esse problema ou os que o combatem.

Por isso, preparamos esse artigo com os principais alimentos que devem ser evitados e aqueles que devem ser incluídos na alimentação diária para combater a celulite, assim como você pode ver neste vídeo:

Alimentos que devem ser evitados

Por mais óbvio que possa parecer, a alimentação no combate a celulite é fundamental e, é importante que você se atente não apenas aos alimentos que ajudam a combatê-la, mas também naqueles que precisam ser evitados, como na lista a seguir:

  • Refrigerante;
  • Bebidas alcóolicas;
  • Doces;
  • Consumo excessivo de sal;
  • Alimentos gordurosos como frituras;
  • E muitos outros.

Como usar a alimentação no combate a celulite?

Assim como existem alimentos que devem ser evitados, existem aqueles que merecem ser acrescentados na alimentação diária para combater a celulite. Veja alguns deles a seguir:

  • Água: quanto mais água você beber, menor será sua retenção de líquidos;
  • Proteínas magras: uma alimentação rica em proteínas magras ajuda a reduzir o consumo de calorias, promovendo assim a queima da gordura acumulada no seu corpo;
  • Alimentos integrais: eles são excelentes fontes de fibras e vitaminas, substâncias que ajudam a eliminar toxinas e peso;
  • Frutas: além de serem riquíssimas em vitaminas e nutrientes as frutas também possuem água e podem substituir facilmente a vontade de comer doces. Procure ingerir aquelas com maior índice de potássio como o mamão papaia e a banana;
  • Folhas verdes: os vegetais são excelentes para a manutenção da boa saúde e combate à celulite, especialmente as folhas de cor verde, mais escuro. Isso porque elas são ricas em antioxidantes e outras substâncias capazes de eliminar as toxinas no organismo e aumentar a elasticidade da pele;
  • Alimentos ricos em vitamina C: essa vitamina – que pode ser facilmente encontrada em frutas como a laranja, o limão, o abacaxi e frutas vermelhas -, é excelente para o aumento da produção de colágeno e regeneração do tecido conjuntivo;
  • Gorduras insaturadas: alimentos como o abacate, sementes, castanhas, peixes, azeitonas e muitos outros, são ricos em gorduras insaturadas e poli-insaturadas que são extremamente saudáveis para o coração e todo o bom funcionamento do organismo, além de serem fundamentais para a saúde da pele.

Existem muitos alimentos simples de serem encontrados que podem ser inseridos na alimentação no combate a celulite. Basta que você invista em tornar seu cardápio mais saudável.

E lembre-se de sempre usar um bom creme anti-celulite como Celumax, além da alimentação, manter a pele sempre bem hidratada, de preferência com cremes que possuem propriedades que ajudam amenizar a Celulite. Fazer isto é uma forma de evitar ao máximo ser afetada por este problema.

 


Melhores exercícios para emagrecer e perder gordura

Já tem uns 2 anos que ando bem insatisfeita com meu corpo, nunca estive tão gorda em toda minha vida neste período, o pior é que além disso eu também estava com a disposição no chão, sem sair de casa pra nada, minha rotina diária até poucos dias atrás era acordar tarde perto das 11 horas, fazer o almoço e depois de levar as crianças para escola passava o dia deitada e assistindo novelas na Netflix.

Você com certeza já deve ter imaginado que esta rotina não é algo nada saudável, eu até tentei começar academia no começo do ano em fevereiro, frequentei por uns 2 meses e logo parei, desanimei, mesmo porque quase não vi resultados em emagrecimento ou melhora no meu corpo, dai me afundei de vez nesta terrível rotina de engorda, sedentarismo + ficar deitada dia inteiro + comer porcaria todo dia e quase a todo instante.

Isto até que fui fazer uma consulta médica e o médico me pediu um checkup geral, fiz na mesma semana e o resultado do exame de sangue me assustou, o mesmo com a ecografia pois ambos mostraram níveis altos de triglicerídeos e gordura no fígado, coisas que podem levar a doenças graves como diabetes ou câncer.

O médico não me passou nenhum remédio, a recomendação dele foi apenas que eu começasse a me alimentar melhor, comendo mais frutas e coisas saudáveis e também que me recomendou que eu começasse a “me mexer”, fazendo atividades aeróbicas que ajudam muito a eliminar gordura do fígado e também fazer exercícios para emagrecer.

As caminhadas eu comecei no dia seguinte, afinal depois do susto, não poderia ficar parada, felizmente meu marido é corredor de rua, ele sempre quis que eu fosse caminhar com ele, começar a correr com ele, mas eu sempre dava desculpas, agora que fui forçada a iniciar ele tem me ajudado e confesso que estou amando, hoje vejo quanto tempo perdi em frente a uma tela de tv, tempo que poderia estar fazendo algo prazeroso e que faz bem pra minha saúde.

O problema maior eram com os exercícios, sabia que só ia gastar dinheiro com academia e não tendo resultados dentro de 2 a 3 meses já iria desistir. Foi aí que meu marido me ajudou novamente me apresentando o XTREME 21, um programa de exercícios diferenciado e que exige apenas poucos minutos do seu dia.

Estou fazendo os exercícios deste programa somente há  18 dias e já perdi 1,3kilos. Fiquei muito feliz porque em 2 meses de academia eu não tinha perdido nem 600 gramas. Mas o melhor é que to percebendo minha barriga e braços menos flácidos, gente, simplesmente AMEI este programa.

Se você assim como eu estava, está cansada de tentar emagrecer com academia ou tem preguiça de ficar 1 hora por dia se exercitando, pode ir de Xtreme 21 porque funciona mesmo e os resultados são animadores, com certeza ele possui os melhores exercícios para emagrecer, queimar gordura e dar definição muscular.

Pode parecer bom demais para ser verdade? Você não precisa acreditar apenas na minha palavra, deixo a seguir um vídeo de um treino de poucos minutos do Xtreme 21 e convido você a tentar executar estes exercícios, você vai ver como mesmo sendo um treino curtíssimo ele vai te cansar bastante exigindo muito do seu corpo e é por isto que ele tem resultados tão eficientes:


Como aumentar os seios sem cirurgia

Não… não é um milagre. É possível sim aumentar os seios de forma natural, sem submeter-se a cirurgias ou tratamentos caros e perigosos!

Quando se fala em como aumentar os seios, a primeira coisa que vem na cabeça da maioria das pessoas é a cirurgia para colocação de próteses de silicone. E por ser uma operação arriscada (e muito cara!) poucas tem a coragem de se submeter a esse procedimento.

Mas o que poucas mulheres sabem, é que há algumas técnicas Simples e Fáceis, que podem ser utilizadas para aumentar os seios de forma natural. E se você está infeliz com seus seios, e gostaria de deixá-los maiores ou então mais firmes e empinados, fique até o final deste artigo para descobrir algo impressionante.

Como Aumentar os Seios Naturalmente

Existem alguns alimentos e exercícios específicos que contribuem para o aumento dos seios, mas o ponto chave para essa “façanha” é controlar os hormônios que inibem a produção de estrogênio.

Trata-se de um hormônio natural. Durante a puberdade o corpo feminino recebe doses de estrogênio. É assim que o corpo se transforma, mantendo uma forma definitiva por volta dos 16 anos. O tamanho dos seios ao final dessa fase será o mesmo durante a fase adulta da mulher, pois apesar de o corpo continuar a produzir estrogênio, não será suficiente para aumentar os seios.

Alguns alimentos naturais possuem estrogênio e outros contribuem para que o organismo produza mais. O consumo correto desses alimentos, aliado a alguns exercícios e massagens garantem um aumento dos seios de forma natural.

Como aumentar os seios sem Cirurgia?

1 – Ganhe um pouco de peso

Os seios são compostos principalmente de tecido conjuntivo adiposo. Se você estiver muito magra, em seguida, fica um pouco acima do peso (ou seja, você ganha gordura) isso pode ajudar a preencher os seus seios. Observe que todas as mulheres carregam o seu peso de forma diferente, portanto, apenas use este método se você tem uma tendência a ganhar peso no peito ao contrário de suas coxas, barriga, ou outra parte do corpo.

É importante seguir uma dieta saudável, mesmo se você está tentando ganhar peso. Concentre em proteínas magras, gorduras saudáveis e carboidratos complexos e lembre-se de manter-se sempre ativo.

2- TRABALHE SUA MUSCULATURA PEITORAL

Trabalhar os músculos debaixo de seus seios pode ajudar a melhorar o tamanho e firmeza. Para trabalhar a musculatura peitoral, deite-se de costas com os joelhos dobrados e os pés apoiados no chão. Segure um halter em cada mão, com os cotovelos dobrados em um ângulo de 90 graus, use os músculos do peito para levantar os pesos em direção ao teto e tocá-los juntos. Faça 3 séries de 15 repetições de 3 a 5 vezes por semana.

3- FAÇA FLEXÕES

Comece deitada sobre a barriga, em seguida, dobre os braços para diminuir o seu corpo em direção ao chão. Use seus braços e peito para voltar à posição original. Certifique-se de manter as costas retas e os quadris elevados para que seu corpo permaneça em uma linha reta. Faça 3 séries de 15 repetições de 3 a 5 vezes por semana.

Dicas Bônus:

Aumentar os seios não é somente uma questão de Estética

O tamanho dos seios é um assunto delicado para a maioria das mulheres e que pode afetar profundamente a sua autoestima, a sua confiança e mesmo a sua felicidade. As mulheres sentem-se

bonitas se tiverem um corpo sexy, e uma das coisas mais significativas para essa sexualidade é ter um bom par de mamas. Se você quer saber como aumentar os seios, mas não quer saber se quer de implantes mamários, existem métodos naturais de conseguir isso.

Basicamente qualquer mulher que tenha aumentado os seus seios ou melhorado a sua forma fica melhor em qualquer tipo de roupa que vista e consegue sentir-se mais bela e melhor consigo mesmo. Como pessoas racionais nós sabemos que não é o tamanho dos seios ou de qualquer outra parte do corpo que nos define, mas mesmo assim gostamos de sentir um melhoramento!